Terça-feira, 29 de novembro de 2022

Notícias

Assédio Moral – Gestão por Humilhação

Escrito de modo claro e contundente, o universo visitado pelo livro é de grande amplitude, com ricas informações sobre as experiências internacionais e tam­bém sobre o caso brasileiro. Seu temário dá ideia de sua abrangência: a violência presente nos assédios, seu tratamento judicial; suas práticas na administração, na intensificação do trabalho; seus elementos causais, seus riscos psicossociais, sua história, suas expressões em diferentes países e continentes; as similitudes, aproximações e diferenciações entre mobbing, bullying, assédio; suas dimensões de gênero; as culpabilizações e os direitos; a justiça, as responsabilidades, todos estes pontos são tratados de maneira clara e crítica.

Temos, portanto, uma excelente radiografia crítica. Os estudiosos em geral, os administradores em particular, todos e todas que vivenciam em seu cotidiano essa pragmática nefasta, encontrarão nas páginas que seguem uma análise densa e qualificada deste complexo social que avassala o mundo do trabalho de nosso tempo.

Roberto Heloani e Margarida Barreto, é preciso enfatizar, têm sido incansáveis pesquisadores na caracterização desta tragédia, no desenho de seu diagnóstico, na demonstração de seus tantos aspectos nefastos, antissociais, verdadeira­mente anti-humanos. Neste novo e contundente livro, os autores demonstram como o uso recorrente dos assédios vem efetivamente se convertendo em eficaz estratégia de gestão.

As perguntas e as respostas de Roberto Heloani e Margarida Barreto fogem de qualquer tipo de tergiversação. A força de sua síntese fala por si só: “Nossa so­ciedade atualmente não só flexibiliza a produção e os serviços como também acaba por flexibilizar os valores morais (…). Estes passam a ser relativizados e indevidamente apropriados (…). Dessa forma, cada vez mais o que era sagrado se torna profano, enquanto o que era profano se torna sagrado, de acordo com uma lógica perversa que inverte e permite que se utilize qualquer meio para que se obtenha o sucesso a qualquer custo”.

Por tudo isso, Assédio Moral: Gestão por Humilhação não poderia ser mais atual.

Texto extraído e adaptado do prefácio contido nesta obra, de autoria Ricardo Antunes e Giovanni Alves

Autor(es): Roberto Heloani e Margarida Barreto

ISBN v. impressa: 978853627868-1
ISBN v. digital: 978853627903-9

Acabamento: Brochura

Número de páginas: 200

Publicado em: 25/04/2018

Área(s): Psicologia – Organizacional e do Trabalho

AUTORES

ROBERTO HELOANI

Pós-Doutorado em Comunicação pela Universidade de São Paulo – USP. Doutor em Psicologia So­cial pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo – PUC-SP. Mestre em Administração pela Fundação Getulio Vargas – FGV/ SP. Graduou-se em Direito pela Universidade de São Paulo – USP, e em Psicologia pela Pontifícia Universidade Católica de São Pau­lo – PUC-SP. Por 22 anos foi pro­fessor no Departamento de Fun­damentos Sociais e Jurídicos, na Fundação Getulio Vargas – FGV/ SP. Professor Titular na Faculdade de Educação e no Doutorado em Ciências Sociais do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, na Universidade Estadual de Campi­nas – UNICAMP. Conveniado junto à Université Paris-X-Nanterre, Laboratoire Genre, Travail et Mobilités (GTM). Livre-Docente em Teoria das Organizações na Universidade Estadual de Campi­nas – UNICAMP. Pesquisador na área de Assédio Moral/Sexual e Ética Laboral. Membro-fundador do site www.assediomoral.org

MARGARIDA BARRETO

Médica do Trabalho e Doutora em Psicologia Social pela Pontifícia Uni­versidade Católica de São Paulo – PUC-SP. Coordenadora da Rede Nacional de combate ao Assédio Laboral e outras manifestações de violência. Professora convi­dada do Curso de Especialização em Medicina do Trabalho da Faculdade de Ciências Médi­cas da Santa Casa de São Paulo. Membro-fundadora do site www.assediomoral.org

O uso deste material é livre, contanto que seja respeitado o texto original e citada a fonte: www.assediomoral.org